quinta-feira, 12 de novembro de 2009

À mulher...

O teu sofrer
Manifesta-se no teu olhar…
Sim, eu sei,
Quanto sois heroínas.
Apesar de tudo,
Ainda tens de sorrir,
Estar pronta
Para os abraços fraternais.
Agora eu sei,
Quanto trabalho tens
Para dares alívio à dor!!!
Nos teus olhos
Vejo um porto de abrigo,
Seguro ou não,
Não importa…
Sei que em ti
Será sereno o estar.
Ai se eu pudesse
Dar-te um abraço,
Sentir o teu calor…
Que imagino retido em ti.
Deixa-me sonhar…
jms